As marcas mais valiosas do mundo têm Essência – Conheça a história da icônica Lacoste

as marcas mais valiosas

As marcas mais valiosas do mundo têm Essência – Conheça a história da icônica Lacoste

Escrito por Criável

Em um post recente, nós investigamos a trajetória de uma das marcas italianas mais autênticas (e prósperas) de todos os tempos – a Gucci. E o sucesso foi tanto, que nós decidimos repetir a proposta para contar a história de uma outra marca que transformou os rumos da Moda a partir da sua essência: a Lacoste.

Pensa rápido: O que te vem à cabeça quando você pensa em Lacoste?

Esporte, Tênis, Elegância, Conforto?

Pois muito que bem! O fato de que, na cabeça das pessoas, a Lacoste é associada de forma tão clara com esses elementos se deve à sua capacidade de expressar e trabalhar a sua essência.

Como tudo começou

O ano é 1923. René Lacoste, um jovem prodígio do tênis de apenas 19 anos, está competindo em um campeonato, quando seu treinador lhe oferece uma maleta de couro de crocodilo caso ele vença a próxima partida. René, infelizmente, perde a disputa (e o prêmio prometido), mas joga com tanta tenacidade que é comparado por um jornalista a um crocodiolo.

Podemos dizer que essa é a cena inaugural da Lacoste, uma marca americana que tem o universo do tênis como essência e um crocodilo com principal insígnia.

Imagem: site Lacoste

Inovação

Alguns anos mais tarde, em 1927, René adota a brincadeira e pede que o estilista Robert George, responsável por seu blazers, passe a bordar um pequeno crocodilo em todas as suas peças – o que faz da Lacoste a primeira marca da história a adotar um símbolo visível nas suas roupas.

Ela também foi a criadora da camisa polo, que junto à uma calça de pregas e um cinto de couro, acabou se tornando o uniforme esportivo oficial de René nos vários campeonatos que disputava (e eventualmente vencia!).

A inovação estava nas mangas mais curtas que as camisas tradicionais de tênis, liberando ainda mais os movimentos dos braços. É claro que a novidade caiu nas graças dos seus amigos e familiares, que passaram a frequentar os torneios internacionais vestidos com as inconfundíveis camisas de René.

Paixão

René Lacoste era tão apaixonado pelo seu esporte favorito, que estava sempre disposto a inventar coisas novas que otimizassem a sua performance. Ao longo da vida, foi responsável por mais de 30 patentes e algumas criações para além da Moda, como a aquela máquina que dispara bolinhas de tênis e alguns detalhes ergonômicos que faziam toda a diferença na hora de produzir e usar uma raquete.

Em outras palavras, René vivia tão intensamente o seu universo e tinha um propósito tão forte de desenvolver o melhor equipamento esportivo, a começar pelas roupas, que o sucesso da marca era consequência natural da sua dedicação.

Como a essência vira produto

A essência é natureza eterna da marca, ou melhor, aquilo que nunca muda, certo? Pois a Lacoste transforma a sua essência em produtos como ninguém.

Além de toda a influência do esporte incorporada em cada peça, a marca mantém há décadas os mesmos materiais e detalhes icônicos que a diferenciam da concorrência. Um ótimo exemplo é o emblemático Petit Piqué, um tecido feito a partir de fibras tensionadas em diferentes níveis, mais apertadas e mais frouxas, que permite que o ar circule livremente, facilitando a transpiração sem comprometer a elegância e a liberdade de movimento.

Mesmo as variações da camisa polo já podem ser consideradas um case de essência de marca. 7 modelos consagrados lideram o mix de produtos da Lacoste, entre a levinha Airlight Polo, a elegantérrima Paris Polo e, é claro, o modelo clássico criado por René na década de 20/30.

Evolução

Ainda que a essência seja o elemento eterno de uma marca, isso não significa que ela seja ultrapassada – e aqui a Lacoste aparece, mais uma vez, como um ótimo exemplo.

Desde que a francesa Louise Trotter assumiu a sua direção criativa, a marca tem vivido um momento de atualização super interessante, traduzindo para o seu DNA a tendência estética e de comportamento que aproxima o esporte do street style.

Isso fica evidente não só na nova interpretação para os modelos mais clássicos da marca, como na forma divertida com a qual ela tem explorado o símbolo do crocodilo, trazendo grandes nomes da cultura pop – como Disney, Keith Haring e Tyler The Creator – para colaborar.

Descubra e aprenda a expressar a sua essência

E aí, bateu aquela vontade de trabalhar muito mais profundamente a essência da sua marca para conquistar um sucesso do tamanho da Lacoste?

Então vem com a gente, porque nos dias 17, 18 e 19 de maio, às 20h, nós estaremos ao vivo com a Semana da Marca de Moda – um curso gratuito para você se conectar com a sua essência única, mergulhar na sua história, e construir uma marca forte e inesquecível.

Clique aqui para liberar o seu acesso e garantir a sua vaga agora!

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *