Por que a sua marca de Moda precisa ficar de olho nas tendências

Por que a sua marca de Moda precisa ficar de olho nas tendências

Escrito por Criável

Prever tendências é uma tarefa delicada, mas, ao mesmo tempo, fundamental para qualquer marca de Moda que queira se manter atual.

Enquanto o Branding traz força e coerência para a marca, tornando-a mais valiosa aos olhos dos seus consumidores, a pesquisa de tendências impede que ela fique datada, ultrapassada, monótona ou alienada das grandes transformações que estão acontecendo no mundo.

Em outras palavras, a pesquisa de tendências integra o DNA da marca (Branding) com o “espírito do tempo” – que nós podemos descrever como a soma dos movimentos políticos, culturais, sociais e ambientais que todos os dias geram novas estéticas e comportamentos, influenciando os hábitos de consumo das pessoas.

Você consegue perceber que sem uma boa pesquisa de tendências você até pode acertar uma coleção ou outra, criar um produto bacana aqui e ali, mas não terá consistência suficiente para surpreender o seu consumidor de forma permanente, fazendo com que ele naturalmente tenha interesse pelo seu trabalho?

Quando uma marca está alinhada com o espírito do tempo, mais que nada, ela sabe o que oferecer. Ela sabe o que as pessoas querem comprar e por isso é muito mais estratégica na hora de criar e competente na hora de vender. 

Assim, nós podemos dizer que o resultado de uma marca que pesquisa tendências é um público fiel, engajado e recorrente, ou seja, tudo o que você precisa para ter estabilidade e crescer de forma orgânica no mercado, sem enlouquecer.

Então fique [email protected], porque a seguir nós iremos te explicar porque você AINDA não consegue reconhecer (e aplicar) tendências de Moda antes de todo mundo.

#1 O mercado limitou a sua compreensão do que é uma tendência 

E te acostumou a só se preocupar com modismos puramente estéticos, como uma estampa, um modelo de bolsa ou um corte de cabelo.

Porém, para não ser sempre [email protected] pelas flutuações do mercado, como modismos e “chuvinhas passageiras”, você precisa ir além das aparências e entender o porquê por trás dos desejos e comportamentos do momento.

#2 Talvez você não tenha uma formação em Moda (e não conheça a sua história)

Uma das condições mais essenciais para reconhecer uma tendência é ter repertório e cultura de Moda, conhecendo profundamente os grandes ícones de cada década, sejam eles criadores ou produtos revolucionários.

Ter as referências certas é tão importante que aqui no CRIÁVEL nós temos um time de 13 pesquisadores com um vasto conhecimento em história da Moda, a começar pela Marina Giustino, nossa head de pesquisa.

#3 Você se acostumou a buscar as suas referências no Pinterest ou no Instagram

O problema desse hábito é que você acaba limitando a sua pesquisa a duas plataformas muito mainstream. Olhar as redes para ter um termômetro de tudo o que está acontecendo no mundo, especialmente em tempos de isolamento social, é necessário, porém, quando as tendências chegam nesses espaços, elas costumam estar já muito batidas – de forma que você não será @ [email protected] a reconhecê-las.

Então é essencial que você busque fontes alternativas de pesquisa, como exposições, livros, revistas especializadas, e se abasteça de novidades de outras áreas, como música, cinema, cultura pop, tecnologia, sustentabilidade, etc.

Ufa, muita coisa, né?

A gente sabe muito bem.

E foi justamente por saber o quão complexo e minucioso é esse trabalho de reconhecer tendências para se posicionar à frente do mercado que nós criamos um serviço de previsão 100% voltado para a Moda brasileira – e que você já pode começar a desfrutar agora!

Com o Clube CRIÁVEL #caps você tem acesso ao que há de mais crocante em matéria de Moda e Comportamento por meio de conteúdos mensais, 100% digitais, com a apresentação e explicação do nosso time de pesquisadores.

Além disso, o Clube CRIÁVEL #caps ainda oferece uma comunidade colaborativa com [email protected] [email protected] [email protected] como você, com quem você poderá trocar referências, ideias, soluções, fornecedores, etc.

São muitas as vantagens – começando pelo fato de que você nunca mais vai precisar se preocupar se o que você está criando faz sentido ou não para os seus consumidores.

Se interessou? Então não deixe de clicar aqui para saber mais.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *